Brazilpod

July 23, 2007

Grammar Lesson 12: Personalized Infinitive, Paying for Your Education

Filed under: Grammar — @ 2:59 pm

Not only are Brazilians thought of as being very friendly, now they even want to personalize their infinitive verbs! Valdo and Michelle lead the way in showing us how to do the same.

Culturally, we talk about the price of education in the United States.

And take a peek at this picture! Orlando’s really into the Texas Pride. Hook ’em Horns!

PODCAST LINK: Grammar Lesson 12

31 Comments »

  1. these lesson are great ……thank you.
    DL in CA

    Comment by DL — July 27, 2007 @ 8:40 pm

  2. well, personal infinitive tends not to be inflected in
    informal speech:

    pra eu fazer (for me to do)
    pra você fazer (for you to do)
    pra ele fazer (for him to do)

    pra gente fazer (for us to do)
    pra vocês fazer(em) (for you all to do)
    pra eles fazer(em) (for them to do)

    The only remnant of inflection is EM in 2nd person pl and 3rd person pl
    but many people don’t use -EM at all.
    As for nós falarmos, nós irmos; it is very formal, it would sound like It is I, It is we in English, therefore these forms are avoided….a gente falar, a gente ir are preferred in speech…And even if one uses NÓS, many times they don’t add MOS at all: pra nós ir, de nós falar etc…these are frequent forms in dialects that prefer NÓS (instead of A GENTE), like rural Northeast (the interior of Pernambuco state)

    Comment by Milton — August 2, 2007 @ 5:14 pm

  3. Obrigado Milton, nice summary for all listeners. BTW, welcome to Ta Falado, I noticed that you wrote a number of comments yesterday.
    Orlando

    Comment by orkelm — August 3, 2007 @ 8:38 am

  4. É, sempre pensei quando eu vi o “personalized infinitive” que era o futuro do subjuntivo. Ainda bem que eu nunca tentei usar o futuro do subjuntivo quando o que realmente precisava usar era o personalized infinitive na fala com meu amigo brasileiro já que tivesse sido errado!*

    *Uhm…does that last sentence make sense? I sure hope so.

    Comment by Lisa Martinez — October 9, 2007 @ 12:56 am

  5. Meu deus! o futuro subjuntivo é um pesadelo para mim. Mas acho que o ultimo exemplo no audioscript ajuda muito pra distinguir as diferenças. No personalized infinitive o verbo sempre esta em infinitivo, nao se conjuga… pode a gente falar em presente o passado e utilizar o personalized infinitive, o somente no presente??

    Comment by cynthiaz — October 11, 2007 @ 10:57 am

  6. Não gosto de ter que pagar tanto pra a educação (bom, eu não pago, meu pai paga), más entendo porque é assim. Eu gosto tanto à universidade, se não tivesse que pagar nunca terminaria meus estudos!

    A personalização dos verbos no português ajuda muito a entender de quem estão falando, como no ejemplo de “antes de sair.” Que bom que não nos fazem adivinar!

    Comment by Kellsey K — October 11, 2007 @ 7:38 pm

  7. Gostei da nova canção! Destas duas gravações, para mim, as anedotas culturais são os mais interessantes. O infinitivo pessoal pode ser difícil, mas vocês o explicam muito bem. Como sempre, bom trabalho!

    Comment by dmonzingo — October 11, 2007 @ 9:08 pm

  8. Acho que en espanhol, usaria simplesmente o reflexivo, quando possível, ou o subjuntivo. Por essa complexidade e fineza, neste caso, prefero o espanhol. Parece menos slap-dash.

    Also, we could learn a thing or two from this “free education” business.

    Comment by Justin — October 11, 2007 @ 11:21 pm

  9. Eu acho que os estados unidos e o unico pais em que a gente precisa que pagar para educacao publica! Eu nao sabia que portugues teve esta maneira de esclarecer o quem esta falando como em espanhol, mas eu estou seguro que va ajudar muito em meus ensayos.

    Comment by ryanc — October 12, 2007 @ 5:19 am

  10. >

    Em espanhol a gente faz algo similar. Às vezes nós também dizemos em espanhol (sou mexicano) “Para nosotros estar enterados, es necesario que lo anuncien”. Embora que não soa como algo que a gente escreveria. Sempre que vejo o infinitivo pessoal em portguês me lembro desse uso em espanhol falado e embora que sempre pesquisei na internet para ver como é que se chama isso nunca consegui.

    Esta é a minha primeira vez escrevendo na página de vocês.

    Saudadões e parabéns pela ótima página!

    Comment by César — November 28, 2007 @ 9:47 pm

  11. quero saber uns vinte verbos no infinitivo em ingles ?????????

    Comment by gabriela — February 13, 2008 @ 10:38 am

  12. Não gosto do “personal infinitive”. Eu acho que é um pouco como os verbos reflexivos do espanhol. Mas não é.

    Comment by Abraham Zamora — April 21, 2008 @ 10:09 pm

  13. Eu acho que por ouvir este registro, eu entendo o infinitivo pessoal bem! Muito bem!

    Comment by Claire Johnson — April 21, 2008 @ 11:25 pm

  14. Eu nunca tinha ouvido do infitivo pessoal antes de escutar esta lessão. É um pouco estranho para mim porque isto não existe em o espanhol. Sempre é interessante ver as diferenças e entre o espanhol e o português, mas vou ter que praticar muito para lembrar usar o infinitivo pessoal quando estou falando no português.

    Comment by Maria P. — April 22, 2008 @ 7:07 am

  15. Ontem eu estava lendo algumas da entrevistas que eu gravei com executivos e tem um exemplo do infinitivo pessoal em espanhol:

    Creo que el concepto de “tiempo es dinero” aquí se aplica más a lo que es producción, cantidad de itens producidos en determinado tiempo o tú trabajar más o concentrarte más en aumentar tu eficiencia o eficacia.
    Mario Espinosa http://www.laits.utexas.edu/laexec/sch04.html#

    Não é muito comum, mas podem ver que essa pessoa disse “tú trabajar”.

    Comment by orkelm — April 22, 2008 @ 7:33 am

  16. O infinitivo pessoal parece um pouco como o futuro subjuntivo, mais eles mostraram como usa-lo e o sentido em termos simples.

    Comment by Joe Gutierrez — April 22, 2008 @ 10:13 am

  17. Eu achei que esse frase, “É bom fazermos o trabalho.” e, para mim, umo de os mais dificeis para lembrar.

    Comment by Kyle — October 4, 2008 @ 4:33 pm

  18. Just to be clear, singular pronouns don’t have especial endings right?

    Comment by Eduardo Gonzalez — October 6, 2008 @ 10:41 pm

  19. Gente, come é que é que o goberno americano pode dar ajuda para Wall street e não para os alunos da faculdade? Que pessimo. Acho que eu deveria ter ido à uma universidade pública no brasil. Eu vou ser, sem duvida, uns dos alunos endividados.

    Comment by Elissa Wev — October 9, 2008 @ 11:05 pm

  20. E mais correto usar [nos passar], o [passarmos] em ensaios academicos para personalized infinite. Eu acho que nao estou entendendo a diferenca entre as duas.

    Comment by Lorena — October 9, 2008 @ 11:34 pm

  21. Este é um aspecto do português que posso entender na fala de alguem sem muita dificuldade, mas é muito, muito difícil saber como usá-lo corretamente.

    Comment by Elena Bessire — October 9, 2008 @ 11:54 pm

  22. How interesting that personalized infinitives look so similar to the verbs in the Future Subjunctive! Seems like two concepts must have been related in the past! Do other Romance languages have this?

    Comment by Marina Potoplyak — July 5, 2009 @ 10:30 pm

  23. Wow, this is totally new to me. Seems that Portuguese wants to eliminate ambiguity at every turn.

    Comment by Mary Slosar — July 6, 2009 @ 10:20 am

  24. Why Brazilians have to make their sentences so over explanatory?…Just kidding. Does the concept of subordinate clauses exists in Portuguese?

    Comment by Carlos Barrera — July 12, 2009 @ 11:47 pm

  25. these lessons are awesome! thanks a ton. i am trying to re-learn portuguese after three years speaking spanish. a note on the cultural aspect of this conversation. remember that probably 95% of brazilian students that pass the vestibular come from private secondary and elementary schools which cost way more than unversity does (in canada anyway).

    Comment by trevor paul — October 22, 2009 @ 1:13 pm

  26. Então… as palavras com que tem que usar o infinitivo pessoal são as palavras conectivas? (ex: quando, depois de, etc.) Tem alguma maneira para memorizá-as?

    Comment by Jennifer Cheek — February 28, 2010 @ 3:44 pm

  27. Tenho problemas seguindo todos os usos de “personalized inifnitive.” Como se pode recordar todo quando um pode usar o subjuntivo para muitos casos diferentes que um pode usar no espanol. Parece um pouco complicado. Estou olhando os casos e parece que o “personalized infinitive” e mais facil desde um pode usar este tenso so para fazer todas as coisas se usa no espanol. A diferenca entre as duas faz mais dificil.

    Comment by Preston Achilike — March 2, 2010 @ 10:31 pm

  28. Porque é que dizemos “antes de sair-mos” mas não dizemos “antes de sair-me” ou “antes de me sair”? Então “me frequentar” ou “frequentar-me” não seria correcto?
    É fantástico que a educação pública no Brasil é grátis!

    Comment by Lynne Lee — March 2, 2010 @ 11:16 pm

  29. São vestibulares diferentes para cada estudo? Ou todos alunos fazeram o vestibular mesmo?

    Comment by Swetha Nulu — March 3, 2010 @ 12:02 am

  30. Ainda não entendo essa forma de verbo. Usa-se essa forma só para evitar o uso do subjuntivo? Por exemplo, pode-se dizer: “Depois de terminarem” em vez de “depois que” que exige o uso do subjuntivo. Pode esclarecer isso pra mim! Ainda fico na dúvida.

    Também, essa forma é normal na fala? Ou só para trabalhos e redações acadêmicas como outros verbos que já estudamos.

    Obrigado!

    Comment by Nicholas Hall — March 3, 2010 @ 12:27 am

  31. Yo pienso que el infinitivo personal en portugués equivale
    realmente al presente del subjuntivo en español, si lo que
    queremos es ser más específicos con quien efectua la acción
    y evitar la dualidad.

    É importante que fazermos as contas = Es importante que hagamos las cuentas.
    Antes de sairem, todo vai ficar fechado = Antes de que salgan, todo va a quedar cerrado.

    Saludos.

    Comment by Luis Albeiro — May 18, 2010 @ 2:49 pm

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Leave a comment

Brazilpod  |  2017-03-27, 08:33:28 PM