Conversa Brasileira

July 15, 2009

Hobbies 1: Anne’s almost 4 months old

Filed under: Videos — nathalie @ 6:02 pm

It’s a good thing that Michelle has such a great attitude, because taking care of a new baby can be a lot of work. But for Michelle, ‘Anne is my new hobby.’ Simone, typical of almost any woman who has had a child, starts asking about what Anne is up to. The result is a truly delightful Conversa Brasileira.

39 Comments »

  1. Palavras novas

    marcenaria = woodworking
    arrotar = http://www.youtube.com/watch?v=I96InLaLShc

    Comment by Daniel — September 17, 2009 @ 1:35 pm

  2. Eu gostei muito da explicação para o verbo “dar”, mas você pode dar mais exemplos na fala cotidiana? Michele diz “cuidar de bebê” mas eu quero dizer “cuidar o bebê.” Assim, precisamos usar a palavra “de” depois do verbo “cuidar”ou não? Parece que os brasileiros não usam muito da frase “em que”. Isto aplica para cada situação, ou só para algumas?

    Comment by Benjamin Echelson — February 18, 2010 @ 5:34 pm

  3. Não realizei que a gente pode usar “-inho” num adjectivo como “direitinho.” Achei que sómente pode usar nos sustantivos. Quais são outros adjectivos com que se pode combinar com “-inho?”

    Comment by Jennifer Cheek — February 19, 2010 @ 1:38 pm

  4. rsrsrs significa “risos” ou é como a gente escreve “haha”, tem algo assim? ou é “jajaja” como em espanhol?

    Comment by Christina Skaliks — February 20, 2010 @ 5:05 pm

  5. simone disse que “ela não dá muito trabalho…”

    quantos tips de frases usam “dar”? ha mais uso para o verbo em portuquese que em espanhol

    Comment by Barbara Fox — February 21, 2010 @ 11:02 am

  6. Que prazer aprender as novas palavras sobre bebês! E engraçado que os participantes discordam sobre o uso de “vacinas”: “ser vacinado”, “tomar vacina”, etc.! Tenho so uma pergunta: O que sera o antónimo para “dormir direito”? “Indireito”? :)

    Comment by Marina Potoplyak — February 21, 2010 @ 1:58 pm

  7. Pode usar “novamente” e “de novo” no mesmo sentido?

    Comment by Swetha Nulu — February 21, 2010 @ 6:26 pm

  8. Se alguem te fala com verbo de ING, é comun respondar com verbo de ING?

    Pode explicar mais os usos da palavra Direito. Sempre ouço, ex. cê tá falando direito.
    Quer dizer Bem ou correcto talvez as duas?

    Em português do Brasil, tem níveis e palavras variadas para os arrotos? For example, in English belch and burp are quite different.

    Comment by Daniel Heron — February 21, 2010 @ 8:31 pm

  9. Eu também queria saber de rsrsrs. Eu perguntei de como escrever risos no Português faz uns vídeos e ainda não sei. Então, obrigadinho e igual de forte que obrigadão?

    Comment by Josh Starks — February 21, 2010 @ 8:46 pm

  10. Na frase “Vixe, mas você tá muito feliz!” e “Vixe, mãe, mas eu tô muito feliz!”, pode explicar as usas das palabras “vixe” e “mas”? Por que são precisos? O que é o efeito dessas palavras numa frase?

    Comment by Kristin Bonds — February 21, 2010 @ 8:51 pm

  11. Eu tenho o mesmo pregunta como Swetha, quando eu uso um trandutor ambos são ambos os advérbios, portanto eu acho que há uma pequena diferença ou nada.

    Comment by Ilya Kuperman — February 21, 2010 @ 9:46 pm

  12. “Direitinho” quer dizer “directly” or immediately, mas eu acho que interesante como nao se fala com uma o fin escrito com “mente.” Me parece raro. Tambem, por que se fala “cuidar de bebe” en vez de “cuidar do bebe” o algo diferente. Me parece raro. “Vixe” que significa?

    Comment by Preston Achilike — February 21, 2010 @ 10:29 pm

  13. Eu queria saber um pouco mais sobre a diferença entre “chora a hora” e “chora na hora”. Se não me engano, a Michelle é do interior de São Paulo e fala “chora a hora” e o homem que comenta certas palavras na gravação também diz que é de São Paulo, mas fala “chora na hora”. Isso é porque ele é de outra parte do estado, ou realmente a variação nessa frase não tem a ver tanto com questões geográficas?

    Comment by Eric Solomon — February 21, 2010 @ 10:32 pm

  14. “E aí” não tem tradução literal? Por que falam “E aí” em vez de dizer “tudo bem?” ou “como você tá? …

    De onde vem essa frase?

    Comment by Nicholas Hall — February 21, 2010 @ 10:35 pm

  15. Já ouvi a frase “direitinho” muitas vez… mas cada vez que ouço a fease o contexto é diferente.

    Tem outros significados além de:

    “Você fala direitinho?”
    “Ele dorme direitinho?”

    Quais são os usos da palavra “direitinho” …

    Também, de quem é esse bebê? Roubaram alguma criança pra gravar o clip?

    Comment by Lindsey Hernandez — February 21, 2010 @ 10:38 pm

  16. O bebê é tão linda! Pode me explicar o que significa “suja, arrotou, ela não tá dando, e vixe mãe”?

    Comment by Carmen LeVine — February 21, 2010 @ 10:59 pm

  17. A palavra “vixe”… nunca entendi essa expressão!! Em Portugal, se diz sempre “fixe” (que é a mesma coisa que “legal”, mas legal se usa só no Brasil e não em Portugal). Me pergunto se “fixe” vem de “vixe”, que vem de “vixe Maria”?

    No princípio, quando ela perguntou “ela dorme direitinho?”, eu achava que signigicava “does she sleep upright?”, mas no contexto, eu percebi o que ela tava dizendo…

    Comment by Lynne Lee — February 21, 2010 @ 11:04 pm

  18. oops – significava*

    Comment by Lynne Lee — February 21, 2010 @ 11:04 pm

  19. Generalmente eu encontro periodos com o verbo dar. São outros usos para o verbo, você poderia elaborar, especialmente em circunstâncias coloquial?

    Comment by John Alexander — February 21, 2010 @ 11:06 pm

  20. A coisa interesante é que os brasileiros no soletream a palavra ‘hobby’ como hobi ou no jeito que eles podem pronunciá-lo. A outra observação é que muitos brasileiros tem essa mancha/cicatriz no seu brazo, porque eu já vi somente pessoas mais velhos com essa cicatriz. Essa vaccina é todavia comun para as pessoas mais jovens?

    Comment by Joe Gutierrez — February 21, 2010 @ 11:07 pm

  21. No início quando elas se cumprimentam dizem “tudo jóia” que quer dizer isso exatamente? Quando eu traduzi a palavra disse que significa “jewel”. Deve ter um significado diferente.

    Comment by Jorge Maldonado — February 21, 2010 @ 11:54 pm

  22. Nesse vídeo, há muitas coisas dificeis para eu entender. Desde que eu aprendi isso, o verbo “dar” já esteve um problema para mim porque há tantos significados. Por isso, é difícil usar esse verbo na minha conversa e escrita. Quando eu ouvir “dar”, só posso pensar de “give” e não as outras posibilidades. Outra coisa que me confunde é o uso de “na hora que” e “a hora que” porque quando eu ouvir ele, não penso de “cuando.” Esse vídeo certamente indicou as coisas que eu tenho que estudar.

    Comment by Natalie Garza — February 4, 2011 @ 9:02 pm

  23. Que diminutivos! As minhas questões desse vídeo:

    1.) Simone perguntou a Michelle, “com quantos aninhos ela tá?” Porque ela usou o verbo “estar” e não “ter”? É porque Simone começou a frase com “com” e por isso ela tem que usar “tá”? Normalmente seria assim, “Quantos aninhos ela tem?” não é? As duas frases são iguais?

    2.) No “Pop Up Commentary” vocês falaram sobre a vez correta pra usar os diminutivos e Professor Kelm mencionou “obrigadão.” Acho que essas palavras que tem a extra “ão” são bacanas. No Brasil, eu ouvi “cervejão,” brasileirão” e mais assim. Com quais outras palavras pode usar assim?

    Comment by Rudy Mikeska — February 4, 2011 @ 11:16 pm

  24. Que linda esse bebê. Neste vídeo as mulheres usam muito os diminutivos—“mãozinhas”, “boazinha”, etc. Gostei da interjeição ‘vixe’, que é muito comum no Ceará. Outra vez o adjetivo ‘super’, e um outro que eu achei legal, ‘direitinho’.

    Comment by James Lander — February 5, 2011 @ 4:33 pm

  25. Gostei do video, especialmente do bebezinho! Porque Simone pergunta: Com quantos aninhos ela tá? Isso é muito comum? Eu nunca escutei isso, eu acho que eu usaria o verbo ter. Eu sabia que os brasileiros usam muito o diminutivo, más eu não sabia que era usado para enfatizar também. Quais são outros exemplos do uso do diminutivo para enfatizar?

    Comment by Erika Marcela Ocampo — February 5, 2011 @ 6:30 pm

  26. Como todo mundo já falou, os diminutivos são ótimos para usar, especialmente quando falando sobre um menino/a! Eu concordo com Rudy, porque perguntou “com quantos aninhos ela tá?” É uma pergunta estranha. Eu adorei ouvir “mãozinhas” “boazinha” “aninhos” “direitinho” muitas palavras! No Brasil, todo mundo usa vários diminutivos! É uma coisa boa e adoro falar assim.

    Comment by Marc Hernandez — February 6, 2011 @ 12:21 am

  27. Nossa, que nenê fofa! Quero pegar as bochechas!
    É interessante porque eu tentei só ler a legenda sem ouvir as mulheres, e tava muito difícil. Eu acho que é mais fácil atender a conversa com os ouvidos e olhos, particularmente depois de morar em Brasil por tanto tempo.
    Tenho um problema com classificando “cuidar de um bebe” como um hobby. Eu acho que da muito trabalho.

    Comment by Meleena Loseke — February 6, 2011 @ 8:12 pm

  28. rsrssrs. estou dando risada com o que falou meleena, nao acho que a mae falou de cuidar de bebe como um hobby mas tenta dar entender que ja nao tem hobby por passar tudo tempo cuidando de seu bebe ne? nossa, mas achei muito interessante o uso do verbo mamar achei muito grafico ao contraste de outros idiomas tal vez usariam outra palavra para ser explicar.

    Comment by Natalie Plaza — February 6, 2011 @ 9:21 pm

  29. Eu gosto de como a palavra ‘dar’ pode ser usada e ser expressada em maneiras diferentes. Então língua inglesa não tem essa forma de flexibilidade com palavras. Eu também adoro o fato de adicionar ‘inho’ na palavra mãozinho. No entanto, eu sou ainda um pequeno confusa sobre a palavra ‘direitinho’, como exatamente iria você pode usar a palavra.

    Comment by Nancy Benitez — February 6, 2011 @ 11:56 pm

  30. Eu gosto muito dos diminutivos no português! Também eu aprendi de mais palavras como “a hora que” é “quando” e “vixe.” A palavra vixe então tem duas expressões “my” e “virgem” maria?

    Comment by Marcy Rodriguez — February 6, 2011 @ 11:57 pm

  31. Eu adoro os diminutivos! Eu gosto da maneira que se adiciona inha ou inho à final dos sustantivos y nomes. Desfruto as legendas também. Ver a legendas e ouvir á sotaques fazem á lingua mais claro para entender. As legendas explicam como usar á linguagem corretamente.

    Comment by Anna Chabot — February 7, 2011 @ 12:06 am

  32. o que eu encontrei interessante desse vidio foi o feito no que as pessoas falam sobre a edade. No espanhold a gente dize “tiene 3 meses” no ingles “she is…” e no portuguese e’ “ela ta’ com…” E interesante como cada cultura tem uma perspetiva differente sobre a edade.

    Comment by Anastacio Aranda — February 7, 2011 @ 12:14 am

  33. O mais interessante deste clipe é a explicação das diferenças do significado dos diminutivos. Também, o comum do uso do verbo regurgitar.

    Comment by Cesar I. Taboada — February 7, 2011 @ 12:33 am

  34. Achei muito interessante o diminutivo “vixe” pois nunca antes tive escutado. O qual me levo a dar com que o Português tem muito diminutivo mas o menos como no Espanhol e me deixo com uma duvida. Em Espanhol o uso de diminutivos é geralmente coloquial e o uso excessivo deles é considerado Espanhol ruim ou pelo menos simples de mais como “ pa donde va, pues?”. Então no Português é igual? A gente deveria tomar em conta quando e que tão freqüente usa o diminutivo ou não tem problema não?

    Comment by Bernardo Sanchez — February 7, 2011 @ 12:43 am

  35. A palavra dar neste contexto “da muito trabalho?” é facil de entender, mais muitas veces o sentido é um pouco sutil, como por ejemplo “isso não da!”. Quando estava no brasil, a gente aprendeu muito rapidamente que o verbo dar tem muitas expressões, é uma palavra sumamente util.

    Eu lembro de uma experiência com o snorkel no Morro de São Paulo (ou era outro lugar?) que realmente, não era snorkel, onde usei muito esse verbo.

    Comment by Georgia Kromrei — February 7, 2011 @ 12:58 am

  36. “rsrsrs” é o equivalente a “haha” em inglês? Achei isso engraçado! Também eu nunca tive ouvido a expressão “vixe,” é muito comum no Brasil?

    Comment by Jackeline Neira — February 7, 2011 @ 1:19 am

  37. Tá interessante o uso do Vixe, as coisas Nordestinas. Lembrou do filme “Estômago”, em qual o personagem e do Nordeste, mas mora numa cidade. É engraçado ver a falada dele em comparação com os outros personagens. Ou também como a gente fala no filme Central do Brasil.

    Comment by John Reyes — February 7, 2011 @ 2:38 am

  38. Magnificent web site. Plenty of helpful info here. I am sending it to several friends ans additionally sharing in delicious. And naturally, thank you in your effort!

    Comment by Abdul Cracknell — December 16, 2011 @ 11:40 am

  39. Regarding the omission of the verb ‘estar’ when Michelle talks about what she’s been doing. We do the same in informal, spoken English. “What are you doing/up to?” “Just taking care of her.” That sounds perfectly natural.

    Comment by Jenny — August 30, 2014 @ 9:20 pm

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Leave a comment

Brazilpod  |  2019-05-20, 09:48:53 PM