Conversa Brasileira

July 27, 2009

Hobbies 2: Collecting Brazilian Musical Instruments

Filed under: Videos — nathalie @ 2:41 pm

Now there’s an interesting hobby. Denise has been collecting musical instruments. And why not? Brazil has really cool instruments like her cavaquinho, her ganzá, and her pandeiro. So when Michelle was traveling recently, and knowing about Denise’s collection, she was nice enough to buy Denise a triângulo to add to her collection. As they talk about it we see a nice example of a Conversa Brasileira.

37 Comments »

  1. If you are interested in seeing what “Choro” music is like:
    http://www.youtube.com/watch?v=ZViWYBjy5VU

    Comment by Daniel — September 17, 2009 @ 2:00 pm

  2. Que outros tipos de instrumentos locais existem no Brasil. Acredito que eu tinha visto a palavra “então” no fim de uma sentença. Estou errado? Ou tem um uso na forma conclusivo também? Há mais contrações comuns como esse “ó” que substitui a palavra “olhar”?

    Comment by Benjamin Echelson — February 26, 2010 @ 10:31 pm

  3. Quais gêneros de musica tem lá em Brasil? Eu gosto muito do forro mais não sei muito sobre os instrumentos que são usado no Brasil. Também, a musica tem muito influencia na cultura Brasileira?

    Comment by Joe Gutierrez — February 27, 2010 @ 8:36 pm

  4. Pode nós explicar quando usar “achar” ou “encontrar”?

    Those are your intruments AREN’T THEY ORLANDO!

    A última linha Michelle falou “não tenho esse dom” dom quer dizer SIR com I don’t got that guy right there (o cavaquinho)

    Comment by Daniel Heron — February 27, 2010 @ 11:04 pm

  5. O que é um “apito”? é muito dificil ver ele no video!

    Comment by Barbara Fox — February 28, 2010 @ 7:26 am

  6. Me interesou que ela usou “toca mesmo, ” em vez de falar “toca sim.” Isso é como “she plays just the same” em ingles?

    Comment by Jennifer Cheek — February 28, 2010 @ 2:24 pm

  7. A frase “de escolha” tem a mesma conotação que “preferido” ou “predileto”. Acho que eu ouvi uma vez mas não sei mesmo onde ela fica nesses graus de ênfase.

    Comment by Eric Solomon — February 28, 2010 @ 3:28 pm

  8. Disculpa…esqueci botar o ? na primeira frase acima. Foi uma pergunta.

    Comment by Eric Solomon — February 28, 2010 @ 3:29 pm

  9. eu vi que dom significa “Talent”, há diferenҫa entre a palavra talento e dom? ou os Brasileiros usam uma mais da outra?

    Comment by Christina Skaliks — February 28, 2010 @ 7:40 pm

  10. Porque Denise diz “muita coisa” no singular e não diz “muitas coisas”? Deve ser no plural, né?

    Comment by Swetha Nulu — February 28, 2010 @ 8:32 pm

  11. Eu quero aprender quando é apropriado usa entre pois e porque.

    Comment by Ilya Kuperman — February 28, 2010 @ 9:18 pm

  12. A minha pergunta pode parecer fora do contexto, mas as minhas sempre são assim. Então, vamos lá: qual é o nome do instrumento que soa como macaco? Eu tenho notado que é bem usado na música brasileira; a última canção em que eu me lembro de ouvir-lo foi, “Dr. Getulio,” por Chico Buarque.

    Comment by Will Church — February 28, 2010 @ 9:52 pm

  13. Eu não entendo por que ela disse “você gostou” em vez de “você gosta” quando dou o triângulo para ela, e também não entendo por que ela disse “predileto” em vez de “favorito” ou algo assim. Eu aprendi que normalmente só usa “predileto” para comida. Estou equivocada?

    Comment by Carmen LeVine — February 28, 2010 @ 10:08 pm

  14. Por que quando ela falou : ‘Tudo bem’ a outra pessoa respondeu com ‘Tudo bom’ ? Por que ela não respondeu com a pergunta (tudo bem)?

    Comment by Kristin Bonds — February 28, 2010 @ 10:22 pm

  15. Por que ela disse “Eu tive no nordeste” em vez de “Eu estive no nordeste”? É só porque ela não queriam dizer a palavra toda?

    Comment by Nick Hall — February 28, 2010 @ 10:24 pm

  16. Eu vi que ela disse lembrar com “me lembrei” e também apenas com “lembro”. Eu continuo achando a palavra “pois” na fala e que parece ter muitos significados diferentes, o mais geral parece ser claro ou sim. Você poderia expandir?

    Comment by John Alexander — February 28, 2010 @ 10:32 pm

  17. Eu não percebi como se toca aquele “ganza” (isso não significa “maconha”?)
    Me pergunto se esses instrumentos são típicos só na música brazileira, porque não são muito populares na música “pop” americana.
    E eu não sabia que tinham pandeiros feitos de pele de cabra…
    Muito informativo e interessante, brigadinho professor :)

    Comment by Lynne Lee — February 28, 2010 @ 10:40 pm

  18. Os instrumentos mostrados aqui são tudos típicos do Nordeste só, o são tradicionais para tudo Brasil? Também eu não entendi o uso da palavra “dom” que Michelle diz ao final.

    Comment by Jackie Vega — February 28, 2010 @ 10:50 pm

  19. “Mesmo” tem tantos significados no Portuguese. Voce pode explicar cada um. Ja sei significa, “also” e “same” mas voce pode explicar outros usos? Tambem, eu quero saber os significados diferentes de “então?”

    Comment by Preston Achilike — February 28, 2010 @ 11:22 pm

  20. Eu concordo com Preston…eu quero saber os situações diferentes você pode usar o frase “então”.

    Comment by Lindsey Hernandez — February 28, 2010 @ 11:53 pm

  21. Christina, acho que a diferença entre um talento e um dom é que um talento é aprendido e um dom é algo com qual nascemos. Um exemplo é um cantor, se ele ou ela pode cantar muito bem, desde que é uma criança então tem um dom, mas se ele ou ela tem que ir numa aula de canto para aprender cantar, e depois canta bem então é um talento.

    Comment by Jorge Maldonado — February 28, 2010 @ 11:54 pm

  22. Eu aprendi algumas coisas interesantes nesse vídeo. Eu nunca tinha percebido que o uso dos artigos definidos antes do possessivo depende na situação. É interesante que tenha que usar o artigo nas situações menos formais. Quando eu ouvir isso, penso o oposto. Outra coisa importante é o uso mais comun das palavras “preferido” e “predileto” em vez de “favorito.” Mas o que eu gosto de aprender mais desse vídeo era a explicação do uso das frases como “como é que você toca isso” o “o que é que você toca”. Antes disso, eu não entendi que está expressando uma forma de surpresa, desconhecimento, curiosidade ou ênfase.

    Comment by Natalie Garza — February 4, 2011 @ 9:01 pm

  23. Usar os artigos definidos é informal! Que coisa estranha! Nunca sabia isso.

    Questões desse vídeo:

    1.) Michelle disse, “Eu tive viajando no Nordeste.” Por que ela usou “tive” com o gerúndio, “viajando”? Não deveria “Eu estava viajando no Nordeste” ou “Eu tinha viajado no Nordeste”?

    2.) Michelle também disse, “Então o seu hobby é só colecionar por enquanto…”. O que significa “por enquanto”? É mais ou menos “for now” ou “as of now”?

    Comment by Rudy Mikeska — February 4, 2011 @ 11:42 pm

  24. Clip muito interessante. Gostaria de aprender mais sobre os instrumentos musicais do Brasil. Na frase “já te mostro… ,” eu achei interessante o uso de ‘já’ com verbo no presente para significar ‘agora mesmo’. ‘Right now’ in English. Quando estava no Brasil eu ouvia esse ‘já’ todo o dia. “Eu já volto.” “Eu vou já.” Também o uso do pronome ‘ele’ para qualquer objeto masculino é diferente do inglês. Falando do cavaquinho ela diz, “Acho que ele tem, assim, as formas bonitas…”

    Comment by James Lander — February 5, 2011 @ 4:31 pm

  25. Um video bem interessante. Michelle falou: Olá! Isso é muito usado no Brasil? O é mais comum no Portugal? Ela também falou: “O seu hobby é só colecionar por enquanto” O que é isso? é parecido a “so far”?? Então, para usar “mesmo” eu posso perguntar: Qual é o seu nome, mesmo? Isso tá bom?

    Comment by Erika Marcela Ocampo — February 5, 2011 @ 7:04 pm

  26. Que ótimo de ouvir sobre os instrumentos musicais! Quando eu estava na Bahia, eu aprendi sobre vários instrumentos, especialmente sobre a percussão. Eu gostei de ouvir a frase “por enquanto”. Significa “for now” nessa causa e eu não sabia como dizer isso em português.

    Comment by Marc Hernandez — February 6, 2011 @ 12:42 am

  27. O que significa “dom?” Mais o menos “domain?”
    Nunca ouvi do hobby de colecionar instrumentos musicais – legal! Eu acharia ainda mais legal se ela sabia tocar tudo que estava na mesa, mas o mundo não tem tantas pessoas tão talentosa assim.
    Aprendi muitos nomes de instrumentos com esse vídeo.
    Eu quero conhecer a mulher com a blusa branca! Ela lembra muito minha madrinha brasileira!

    Comment by Meleena Loseke — February 6, 2011 @ 8:28 pm

  28. Gostei do video clip, eu nunca sabia os nomes dos instrumentos entao ta eu teve oportunidade de aprender isso. Mas acho que em este video clip eu precisaba de prestar mais atencao porque a fala me pareceu ser falado mais rapidinho. E claro que com cada video sempre tem ao menos um o duas novas palavras, ate mais.

    Comment by Natalie Plaza — February 6, 2011 @ 9:18 pm

  29. Uau! Instrumentos musicais! Eu gosto muito dos intrumentos porque eu toquei o euphonium na secundaria. Finalmente eu posso agregar mais vocabulário como o cavaquinho, pandeiro, e teclado. Eu encontrei que as palavras piano e triángulo é muito similar ao ingles e que violão não é “violin” mas “guitarra”.

    Comment by Marcy Rodriguez — February 7, 2011 @ 12:11 am

  30. Alem aprender algums nomes de instrumentos musicais, a frase da qual gostei foi “tudo joia”. Acho que e’ um feito muto legal para falar sobre o estado emocional da gente.

    Comment by Anastacio Aranda — February 7, 2011 @ 12:16 am

  31. Eu vi um rapaz que tocou um cavaquinho na Bahia. Foi maravilhoso. O instrumento é um pouco diferente do que á violão porque tem só quarto cordas. Eu gosto de usar “então” quando eu falo para continuar a conversa também.

    Comment by Anna Chabot — February 7, 2011 @ 12:22 am

  32. Eu gosto de como ela recolhe instrumentos que é muito raro e engenhoso. Também encurtando palavras tornar algo que eu começo a gostar isso como a frase como ‘Tô aqui ó’ .Eu penso que eu gozarei palavras que encurtam mais freqüentemente.

    Comment by Nancy Benitez — February 7, 2011 @ 12:24 am

  33. Eu gostei do video porque aprendi os nomes dos instrumentos que elas mencionaram. Acho que agora é mais fácil para mim reconhecer as frases comuns graças aos outros vídeos, então acho que os vídeos da conversa brasileira facilitam o acesso ao português brasileiro longe do Brasil.

    Comment by Jackeline Neira — February 7, 2011 @ 12:45 am

  34. Achei O cavaquinho muito parecido ao Cuatro Venezolano, são a mesma coisa ou tem diferencias sutis? Eu sei que o uquelele foi baseado no cavaquinho (pois foi introduzido no Hawaii pelos Portugueses) a finais do seculo XIX, mas achou que o cavaquinho e o cuatro são parecidos de mais.

    Comment by Bernardo Sanchez — February 7, 2011 @ 1:01 am

  35. Gostei da frase “Tô aqui ó”. Ainda tenho que lembrar que os pronomes de objeto direito não são usados comumente. Igualmente, tenho que usar mais “aí” pra descrever uma cronologia.

    Comment by Cesar I. Taboada — February 7, 2011 @ 1:06 am

  36. Outra coisa que me lembra do Brasil! Minha companhera de casa, Aleska, era carioca e sempre me falava de como os baianos falam usando “a”.

    Desde a perspectiva de uma aluna do espanhol, o conceito que se pode usar ou não usar o subjuntivo é chocante!! As regras para usar o subjuntivo no espanhol são numerosas e rigorosas. É interessante, isso.

    Comment by Georgia Kromrei — February 7, 2011 @ 1:08 am

  37. Gostei da explicação da palavra “ó” (estava um pouco confuso). Mas, também tenho uma pergunta sobre a palavra “mesmo (com que)”. Percebo que as vezes é usado como a palavra em Espanhol “igual que”. Acho que há outros usos para a palavra “mesmo”, né? E como se fala se eu quisesse dizer “play (an instrument) in a group” ou “play with”, por exemplo?

    Comment by John Reyes — February 7, 2011 @ 2:59 am

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Leave a comment

Brazilpod  |  2020-02-23, 08:42:15 AM