Conversa Brasileira

September 2, 2010

Wedding 2: Mixing it up. When Brazilians marry Americans.

Filed under: Videos — nathalie @ 4:16 pm

So what’s more nerve-wracking than preparing for a wedding? How about preparing for a wedding between an American and a Brazilian! You never really realize how many things are traditional about weddings until you start planning for one that involves people from different cultures. From the gift registry to the ring bearers, Denise and Fernanda get to compare notes on how the preparation is going. Opps, Denise has forgotten all about the invitations, but until that point we were part of a very interesting Conversa Brasileira.

53 Comments »

  1. Eu gostei muito deste video porque falaram do tipo do vestido “tomara que caia,” acho importante saber os nomes dos tipos de vestidos em português para descrever quando a gente vaia de shopping. Gostei da frase “frio na barriga” porque é interesante que diferentes culturas tem diferentes formas de descrever sensações como os nervos.

    Comment by Jackeline Neira — March 5, 2011 @ 9:34 pm

  2. Acho que o nome para “strapless dress”, “tomara que caia”, é muito estranho. Que interessante que o “pé frio” no portugûes não significa “cold feet” mas “azarado”. Tenho que lembrar isso. Eu gosto do pop-up sobre os vocativos. Eu tenho alguns vizinhos, uma familia brasileira, com quem eu gosto de falar portugûes, mas nunca posso lembrar seus nomes. Quero aprender mais vocativos que posso usar com eles. Também, quero saber o nivel da formalidade de cada um.

    Comment by Natalie Garza — March 20, 2011 @ 2:17 pm

  3. Ai, eu sei muito bem como a mãe da noiva está sentindo! Não, eu não sou a mãe da uma noiva, mas sou a dama principal (maid of honor?) pro o casamento da minha melhor amiga. Estou preparando muitas coisas pro casamento e estou ficando loca com tudo, mas é muito legal e tô muita animada! Mas o dela não vai ser uma mistura das culturas americano e brasileiro porque os dois som americanos. Então o casamento vai ser completamente americano e muito tradicional.

    Comment by Meleena Loseke — March 20, 2011 @ 8:17 pm

  4. A primeira coisa que eu não entende foi a frase “tomara que caia”. Elas estão falando sobre o vestido?! Eu gostaria de observar um casamento brasileiro. Eu acho que é bem aparecido como os outros casamentos de America Latina. Gostei do vídeo porque mais ou menos aprendi sobre os casamentos do brasil!

    Comment by Marc Hernandez — March 20, 2011 @ 8:35 pm

  5. ADORO o nome tomara que caia, que coisa engraçada mesma!! Eu me perguntava de onde vem o sentido do que “frio” é mal (azar, nervios)? Tal vez é relacionado com o clima do Brasil?

    Gostei do video. Esse foi muito mais facil de entender.

    Acho que os casamentos ficam complicados em cualquer parte do mundo.

    Comment by Georgia — March 20, 2011 @ 8:51 pm

  6. Eu gosto muito de aprender novo vocabulário e expressões! Como Natalie, um “strapless dress” é curioso –Tomara que caia! Eu acho que um homem inventou a palavra. Também as expressões que falam da gente nervosa e ansiosa é estranho: “Frio na barriga” e “mão fria”. Quando eu estou nervosa, não penso em minha barriga!

    Comment by Marcy Rodriguez — March 20, 2011 @ 9:03 pm

  7. Olha!! Elas me fizeram lembrar daquele dia meu marido me pediu em casamento!! Tão maravilhoso! O que eu mais gostei deste clip foi o nome “tomara que caia” para o vestido. Que engraçado! Mas eu não entendi o que é o “cortejo”

    Comment by Erika Marcela Ocampo — March 20, 2011 @ 10:27 pm

  8. Como todo mundo já falou, o nome ‘tomara que caia’ é bem engraçado. Quando eu ouvi disso, achei que a Fernanda estatva tentando insultar o modelo na revista!

    Bom, a Denise falou a frase, “só de falar.” O quer dizer essa frase aí?

    Comment by Rudy Mikeska — March 20, 2011 @ 10:38 pm

  9. eu pensei que tomara significa ojala? mas sei la o que e caia. ta bom tenho que ser bem honesta ao inicio da conversa nem sabia de que se tratava mas depois deu pra entender. convites e invites? o invitation? tambem notei seu uso do acabar like (finish or end up) in english cuando ela fala que a gente acaba gostando…. pra mim sono pouco estrano. Em fim tambem tehno alguns das mesmas duvidas dos meus colegas como frio na barriga.

    Comment by Natalie Plaza — March 20, 2011 @ 11:32 pm

  10. A frase ‘..como é queé’ é interresante. O que exatamente significa isso?
    Tambêm em espanhol, as palavra novio e novia quer dizer o namorado mas em português noivo e noiva quer dizer bride and groom. Isso é legal que as palavras são similares.

    Comment by Nancy R. Benitez — March 20, 2011 @ 11:52 pm

  11. Convites = convidar (é invitar. Fiquei um pouco confuso sobre o uso da palavra dama e daminha. Em espanhol se usa dama como bridesmaid, né? Como é esse negocio no Brasil?

    Comment by John Reyes — March 21, 2011 @ 1:01 am

  12. Que coisa mais engraçada mesmo é isso do nome do vestido “tomara que caia”. Puxa, realmente é uma coisa genial, pois eu só posso me imaginar que se não fosse por este vídeo eu tivesse ficado mais perdido no mundo da lua na primeira vez que eu ouvir alguém falar “você gosta do tomara que caia dela?” hahaha eu tivesse ficado mais bobo e perdido do que um estrangeiro na África…

    Comment by Bernardo Sanchez — March 21, 2011 @ 1:28 am

  13. Nunca imagino que a palavra pra “strapless” é “tomara que caia.” Que cômico!. Eu gosto de frase “você sabe como é que é.” Posso dizer agora. Gosto de aprender todas as frases curtas.

    Comment by Anna Chabot — March 21, 2011 @ 1:44 am

  14. Wedding 1:
    “Que Rolou?” é como “whats up?”
    Pode-se falar “ fim de semana” e “final de semana”?
    Não gosto do uso de “que nem” acho que vou usa-lo de jeito errado.
    O que são “três ambientes”? Silvia descreve o casamento assim.

    Wedding 2:
    esse nome “tomara que caia” ta otimo!
    O meo deus, o que é isso: pé frio, barriga fria, e mão fria! Acho que a maioria dos brasileiros nem conhecem o frio.

    Comment by alexis quintanilla — February 3, 2012 @ 12:53 pm

  15. A primeira coisa que achei muito estranho foi o nome do “strapless dress” – “tomara que caia”! Quando ouvi a expressão não sabia que estavam falando sobre o vestido. Foi depois que eu cliquei no comentário que entendi que era um vestido.
    A maneira de pedir alguem em casamento nos EUA e no Brasil são muito diferentes? Elas disseram que nos EUA normalmente têm que ser em uma maneira criativa, mas no Brasil a “gente mais combina” tipo they agree to get married?

    Comment by Marely Zamarron — February 4, 2012 @ 2:18 pm

  16. O que é que “bordado”

    os dois vao juntos = they both. What about the word Ambos

    Comment by daniel heron — February 5, 2012 @ 4:50 pm

  17. O qual é as diferencias entre o uso do infinitivo e o gerúndio no Espanhol e no Português? No português posso usar o gerúndio como o assunto?

    Comment by Wade Tomlinson — February 5, 2012 @ 7:08 pm

  18. o verbo “usar”, ainda tehno problemas com isso. A gente nao pode usar o palvara “usar” como “to take advantage of” tambem? Acho q e muito interessante que os dois videos nao falam sobre o conceito de religião durante casamento. Na verdade,fiquei confuso cuando a gente fala sobre ‘tradicional’- que eles querem dizer a cerimônia religiosa tradicional ou cultura nacional tradicional??

    Comment by Diane Enobabor — February 5, 2012 @ 8:12 pm

  19. Entao…”imagina” se pode usar como “nossa”?

    O que e bordado?

    “Tomara que caia”haha que engracado…Notei que no Brasil as mulheres sao um pouco mais competitivas entra elas. Isso e uma generalizacao, mas a palavra para “strapless” me faz pensar em isso.

    Comment by Alejandra Spector — February 5, 2012 @ 8:57 pm

  20. Eu estava um pouco confusa quando assisti esse vídeo. Ainda tenho duvidas sobre quando pode usar o verbo “acabar”, como quando elas dizem “acabam gostando” por que elas decidiram usar “acabar”. Também com a frase “vem trazendo” que significa movimento. Quais são outras situações em que você pode usar esse sentimento do movimento?

    Comment by Taryn Davis — February 5, 2012 @ 9:54 pm

  21. Acho que é interessante que pode usar o verbo “usar” para falar sobre a roupa, não sabia e acho que este detalhe é uma coisa importante para parecer mais como falante nativo. Também é interessante que quando o homem pede a mão em casamento não é uma coisa muito importante no Brasil mas parece que todo mundo participa na ceremonia de casamento, mães e pais, padrinhos, madrinhas, daminhas e pajens. Voce pensaria que o pede da mão seria mais importante porque o casamento é uma grande ocasião.

    Comment by Nina Yonemoto — February 5, 2012 @ 11:26 pm

  22. eu gostei o video mad eu tenho umas duvidas:
    1) como sao os propostos de casamento no brazil? como sao diferente?
    2) no primer pop up no primer video “nao deu” como voce conjuga isso verbo dar?
    3) voce pode falar sobre a diferenca em usando o condicao e nao usando-lo no primer video!

    eu acho que o video foi muito interestante, eu nunca pensei na diferenca entre os casamentos brazileiros e os casamentos americanos!

    Comment by Magdalene — February 6, 2012 @ 12:22 am

  23. Pelo que parece, o português brasileiro faz muito o uso de vocativos. Então minha pergunta era pra saber se o uso de “beleza” também pode ser classificado como um vocativo também. “Beleza, mira que feio é isso” — do estilo…

    Comment by Christian J. Avilés — February 6, 2012 @ 12:28 am

  24. Elas falam muito formal em sua conversa sobre o casamento. Embora eu não entendi a frase “Trazendo a aliança.”

    Comment by Karla Trochez — February 6, 2012 @ 2:59 am

  25. Entender essa conversa fui mais fácil do que entender a outra (wedding 1), especialmente a Denise falou muito claramente em comparaçao aos mulheres no outro vídeo. Tenho uma pergunta mais geral: Todas as pessoas nos vídeos, vêm de varias regiões do Brasil? E, em geral, que são diferências de pronúncia nas partes diferentes do pais?

    Comment by maria hardt — January 31, 2013 @ 7:17 pm

  26. Eu muito gosto das frases nesse video! Especialmente “tomara que caia” por uma vestido “strapless”. A frase é muito engraçado. Eu também muito gosto da frase “frio na barriga”, é muito mais interessante do que “estou com medo”.

    Comment by Lizzy McKinnon — January 31, 2013 @ 10:05 pm

  27. Acho que é muito interesante como os para os Brasileiros um pediu de casamento deve ser uma sorpresa o algum coisa muito muito especial e criativa, mas acho que a maneira que o homem pediu ela, era algo lindo tambem. Definitivamente concordo com os Brasileiros por que um pediu é uma coisa que toda mulher sonha desde que era menina.

    frio na barriga- butterflies in the stomach, tomara que caia-strapless dress (nunca podia imaginar tal nome para um vestido) mão fria- nervous

    Comment by Ximena Alvarez — January 31, 2013 @ 10:49 pm

  28. A expressão “vem trazendo” é só usada para trazer a aliança ou também poderia ser utilizada para outras ações que tem o sentido de continuidade?

    Comment by Laura Fuentes — February 1, 2013 @ 12:08 am

  29. No dicionário, o verbo “ficar” significa “to stay”. Isso é claro. Mas gostaria de saber como é a significa desse verbo, nas diferentes frases, como: “Olha, ela não vai ficar linda, aqui? Imagina?” e também na frase: “É, ficam no cortejo.” Eu entendo o contexto, mas pode elaborar as diferentes maneiras para usar o verbo “ficar”?

    Comment by Kyle Harper — February 1, 2013 @ 12:34 am

  30. Elas falaram de maneira mais facil de entender. Mais qual é o significado de fer

    Comment by Denise Sanchez — February 1, 2013 @ 12:42 am

  31. A expressão “Tomara que caia” é muito interessante, que engraçado! Eu não compreendo totalmente o verbo “acabar”. Acho que tem muitos usos diferentes e outros significados como o verbo “dar”. Neste caso, Denise diz, “a gente que é brasileiro acaba gostando”, que significa “we Brazilians prefer…” Porque ela usa “acabar”?

    Comment by Elie Wu — February 1, 2013 @ 2:25 am

  32. Eu achei esse vídeo muito engraçado! Quando tinha 26 anos decidi me casar, mas não queria fazer festa de casamento. Minha mãe é exatamente como a mãe desse vídeo, ela estava mais animada com o casamento do que eu. Ela me enganou e disse que faria um jantar para a família, mas na hora eu descobri que era uma festa grande, com convite, bolo e doces. Eu não gostei, mas é assim mesmo que são as mães brasileiras quando estão casando suas filhas e filhos!

    Comment by Rebeca Vianna — January 29, 2014 @ 2:15 pm

  33. Eu gosto muito deste video! Eu acho que foi tão engraçado e informativo da cultura e as tradições do Brasil. Eu não sabia que tantas semelhanças existem entre as tradições dos casamentos dos estados unidos e do brasil. Também é interessante para saber que os papéis da gente no casamento são similares. Eu acho que a coisa mais engraçada do video foi como elas usam suas mãos com tanta freqüência.

    Comment by Brittany Weinstein — January 29, 2014 @ 3:58 pm

  34. Já notei o uso de “vir + gerúndio” muito na fala. Nunca dei bola nisso, mas depois de chamar atenção no uso do gerúndio, eu concordo que os brasileiro usam este tempo verbal muito. Vou tentar usar ainda mais!

    Comment by Michelle DuBois — January 29, 2014 @ 4:38 pm

  35. Esta conversa tem que ser o meu favorito neste momento. O que encontrou a diferença de propostas entre as duas culturas um pouco chocantes. Parece que não há nenhuma “surpresa” em uma proposta brasileira, em vez de uma conversa e acordo. A combinação das duas culturas diferentes, também parece difícil. Afora isso, eu gosto do uso da palavra “Menina” para soar como um brasileiro. Provavelmente, vou usar “Menina” muito agora que eu sei a palavra e seu uso.

    Comment by David Cervantes — January 30, 2014 @ 1:30 pm

  36. Toda a conversa do casamento me pareceu um casamento tradicional. Se houver tempo na aula eu gostaria de saber quais são as diferencias entre um casamento brasileiro e um americano porque eu acho que o americano e o mexicano são bem parecidos. Também “tomara que caia” esse é o nome do tipo de vestido? Ou é só que tomara que o vestido strapless fique bem?

    Comment by Adria Fernandez — January 30, 2014 @ 4:54 pm

  37. Eu acho que é tão lindo quando as mães dos noivos ajudam a planejar os casamentos, mas pode causar muito estresse para elas. As vezes parece que os pais ficam mais estressados com os preparativos que os noivos mesmos. Queria saber qual é mais comum na fala… a palavra “anel” ou a palavra “aliança”, porque na minha composição não sabia qual usar.

    Comment by Christine Molina — January 30, 2014 @ 5:58 pm

  38. Ai que pena que não tem menininhas que caminham jogando pétalas de flores antes da noiva, eu adorei quando fui daminha de honra no casamento da minha tia. Eu teria gostado de ir para um casamento brasileiro, mas nunca tive a oportunidade. Eu tava num colégio, né daí não tinha gente querendo se casar.

    Comment by Olivia Baker — January 30, 2014 @ 7:41 pm

  39. Eu sempre gosto aprender das tradições dos casamentos de culturas estrangeiras. É interessante que no Brasil a noivado entra com sua mãe embora aqui nos Estados Unidos o noivado sempre entra só. Acho que é agradável a ideia que o noivado seja acompanhado por sua mãe.

    Comment by Leon Leid — January 30, 2014 @ 9:56 pm

  40. Conheço bem a tradição da noiva entrar com seu pai, mas nunca ouvi do noivo entrar com sua mãe e menos da mãe da noiva e o pai do noivo entrarem juntos também! Parece um lindo simbolismo das duas familias agora estarem unidas.

    Comment by Sydney Briggs — January 30, 2014 @ 10:23 pm

  41. Eu acho que é interessante como “noivo” e “noiva” significam “fiance” em ingles, mas noivo e noiva significam “bride” e “groom” também. É interessante por que não é uma distinção entre pessoas que são arranjados ser casados, e as pessoas no dia de seu casamento.

    Comment by Allison White — January 30, 2014 @ 10:25 pm

  42. Ah! Estou muito animada, porque o vídeo passado, eu fui buscando por uma palavra que significa “anyways” ou alguma coisa com a significa similar. Agora, eu sei…. a palavra e “enfim”.

    Enfim, eu gosto muito de casamentos. Desde eu era uma criança, eu sonhei de meu casamento, especialmente meu vestido de casamento! Eu estaria intersetado em vendo um casamento brasileiro.

    Comment by Mercedes Ballard — January 30, 2014 @ 10:36 pm

  43. Eu fui para um casamento brasileiro no Brasil pela primeira vez este verão no Natal! Foi uma experiência bem interessante e memorável, inclusive três horas de direção, MUITA comida gostosa e lembrancinhas excelentes do casamento. A verdade é que achei que não eram muitas diferenças entre o casamento brasileiro e o casamento americano—pelo menos, não foi muitas diferenças na relação ao este casamento. A coisa mais diferente que notei foi que há muito mais comida e mais lembranças que estão dados nos casamentos brasileiros do que os casamentos americanos. Enfim, gostei da oportunidade de aprender mais sobre este aspecto da cultura brasileira.

    Comment by Lauren Dow — January 30, 2014 @ 11:29 pm

  44. Foi muito legal aprender sobre as tradições dos casamentos bem brasileiros – mas embora tenham coisas/tradições diferentes eu acho que com duas mulheres falando assim sobre um casamento não é só brasileiro – este parte- conversações sobre os casamentos existem por todos lados

    Comment by Charles — January 30, 2014 @ 11:43 pm

  45. Eu gosto muito da frasse “sem que” em vez de “como.” Eu vou começar a usá-la assim.

    Comment by Randy Helmcamp — January 30, 2014 @ 11:54 pm

  46. A palavra “imagina” está muito comum no Brasil. Com freqüência a ouvi invés da frase “de nada” ou “não se preocupa”. Recentemente se transformou numa nova gíria que se refere à loucura da Copa Mundial que vai acontecer no Brasil; “Imagina uma copa.” Quer dizer que aquele negocio poderia ser pior. Tem um video engraçado no Youtube sobre desse tipo, se chama jeitinho carioca. Vale a pena para ver.

    Comment by Sam Hagan — January 31, 2014 @ 12:07 am

  47. Este vídeo foi um pouco mais fácil de entender do que o último, mas eu teria gostado de aprender um pouco mais sobre as tradições dos casamentos brasileiros.

    Comment by Edna Rangel — January 31, 2014 @ 12:22 am

  48. Eu gostei muito desta conversa brasileira! Eu aprendi muitas coisas que eu não sabia antes. Por exemplo, o ato de pedir o casamento a mulher no Brasil não e uma coisa que tem que ser algum secreto nem criativa com nos Estados Unidos. Também aprende gíria nova com a frase “maior frio na barriga” e também “minha mãe fica fria”

    Comment by Isabel Suarez — January 31, 2014 @ 12:27 am

  49. Uma diferença cultural sobre os casamentos que eu notei na conversa do vídeo foi o como o namorado pede casamento a namorada. No Estados Unidos, uma das meninas no vídeo disse que a pergunta tem que ser de uma forma criativa, mas no Brasil não é assim. É interessante essa diferença cultural. Eu acho que em parte, apesar de que posso estar totalmente errado, a religião tem que ver com a forma o como os homens pedem casamento agora porque antes, eles tinham que pedir a mão da mulher aos pais dela. Eu acho que isso não deixava lugar para a criatividade.

    Comment by Marcos Barrera — January 31, 2014 @ 12:57 am

  50. Acho que ouvi “o [nome]” como “O Orlando” (ou também ouvi “o cunhada” e “o mãe” mas acho que é a mesma forma) muito no Brasil – isso é vocativo? E ouvi “minha filha” e “irmão” estas palavras são vocativos também?

    Comment by Jenna Tipton — January 31, 2014 @ 1:22 am

  51. MUito interesante, a frase “tomara que caia”! Eu estava no Rio durante o carnaval, usando esse tipo de vestido, quando ele realmente caiu!! Felizmente eu estava usando um biquíni por baixo! Meu amigo me ensinou a frase depois disso, rindo o tempo todo.

    Comment by brittany dunne — January 31, 2014 @ 1:24 am

  52. Acho interessante que algumas expressões idiomáticas Americanas existem em português, mas são pouco diferentes. Por exemplo, os Brasileiros dizem “minha mão fica fria” para significar “gives me the chills” e “frio na barriga” para significar “butterflies in your stomach.”

    Comment by Diana Pop — January 31, 2014 @ 2:07 am

  53. “é que é” o que quer dizer? Por quanto tempo são noivos no Brazil? É diferente? Aqui muitas vezes não por muito tempo…dois anos máximo. Mas eu sei que em outros pais no Latino America é por mais tempo e é normal!

    Comment by Olivia Wiley — February 1, 2014 @ 11:44 am

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Leave a comment

Brazilpod  |  2020-04-02, 12:59:36 AM