Conversa Brasileira

April 4, 2012

Gossip 1: Ói, que safado!

Filed under: Videos — Karina @ 1:02 pm

Ah, there’s nothing like good old juicy office gossip, and Simone and Cristina are sharing tons of it.  Turns out that Carlos is arriving late at work again, meaning that he’s probably drinking again.  Even worse, if he’s running around with other women, you aren’t going to get any sympathy from the women in this office.  No wonder they call him ‘safado’, a real dirt bag, derogatory for sure, but it also makes for a great conversa brasileira!

38 Comments »

  1. no primeiro vídeo elas dizem “to suspeitando” para enfocar mais no processo. pode usar esse tipo de gerúndio todo o tempo ou existem situações quando os brasileiros não usariam o gerúndio?

    Comment by Taryn Davis — April 5, 2012 @ 9:50 pm

  2. Eu gostei do video 1 e achei que foi muito engraçado. Mas eu nao entendi como se usa a frase “dando umas cantadas fajutas”…

    Comment by Vivian Graves — April 5, 2012 @ 9:57 pm

  3. Então chavecando e cantando quer dizer á mesma coisa que seduzir?

    Comment by Marely Zamarron — April 6, 2012 @ 12:37 am

  4. voltou a beber = started to drink again, why can’t you say começou a beber de novo.
    que ce acha isso = I would want to say que ce acha DISSO not isso

    Comment by asiago — April 13, 2012 @ 6:44 am

  5. “eu acho que ele vai acabar demitindo ele” poderia ser escrito como “…ele vai acabar demitindo-lo”?

    Comment by Estudante de portugues — October 13, 2012 @ 3:51 pm

  6. Estudante, As to “demitindo ele”, your question is how to add a direct object. The basic rule is that when you have an infinitive, drop the “r” and replace it with “l” For example. Eu vou comprá-lo (I will buy it); Eu vou vê-lo (I will see him). In the case of demitindo, we do not have an “r” to replace, so there is not need for an “l”.

    Comment by orkelm — October 14, 2012 @ 3:24 pm

  7. Primeiro, eu pensei que era muito engraçado como eles estavam fofocando – ao longo de um divisor de cubículo.

    Eu gostei da frase: “de jeito nenhum.” É uma daquelas frases que tem ênfase só por causa de como ele está redigido. Também eu gostei da palavra “safado” porque não é uma palavra que pode apredender na escola.

    Comment by Asal Naderi — April 1, 2013 @ 1:59 pm

  8. Tenho uma pergunta sobre o tempo de “descobrir” quando Simone diz, “…se o chefe descobrir que ele tá chegando atrasado”. Em português, parece futuro subjuntivo, mas em Inglês é “found out”, que é no tempo passado. Gostaria de esclarecimento do tempo–futuro ou passado?

    Comment by Elie Wu — April 2, 2013 @ 2:11 am

  9. “Voltou a beber de novo” nao e uma frase redundante?

    Comment by Laura Fuentes — April 2, 2013 @ 9:25 am

  10. Qual é a diferença entre estas três palavras: bêbado, alcoólico e alcoólatra? Nos três anos que faz que eu estudo o português, já ouvi as três, mas não entendo a diferença…

    Comment by Eric Nikolaides — April 2, 2013 @ 3:35 pm

  11. A palavra “ahn” é algum tipo de gíria? Ou é uma palavra que se pode usar para falar com um chefe ou professor?

    Comment by Eréndira — April 2, 2013 @ 8:34 pm

  12. Eu não entendo o uso de “não era” para “não é”. Qual é a diferença entre os dois? E também existe “não foi”?

    Comment by Sam Naik — April 2, 2013 @ 9:58 pm

  13. É mais comum dizer “ouvi falar” ou “ouvi dizer”? Tem contextos ou significados diferentes? E eu também tive a mesma pergunta que Eric sobre as palavras: bêbado, alcoólico e alcoólatra.

    Comment by Maria Arrellaga — April 2, 2013 @ 10:02 pm

  14. Cristina usa a HEIN, o que significa essa palavra?

    Comment by Denise Sanchez — April 3, 2013 @ 12:23 am

  15. to suspeitando= I’m suspecting… can it be used like: Eu comecei suspeitando que não era verdade.
    cantar fajutas é muito interessante para dizer flirting
    oi que safado= jerk desgraçado
    cuidar de nossa vida
    comprou o diploma: nossa para mim

    Comment by Ximena Alvarez — April 3, 2013 @ 11:49 pm

  16. Oi Pessoal, já que estou aqui em Bloomington, em vez de responder essas perguntas na aula, eu vou responder algumas delas aqui.
    1. Elie – certo, “descobrir” está no futuro do subjuntivo.
    2. Laura, sim é redundante, mas “when back to drinking again” também é.
    3. Eric e Maria, que pergunta mais interessante. Agora, “bêbedo” é menos formal, “alcoólico” é mais formal, e “alcoólatra” não sei, vou ter que pensar.
    4. Erendira – “ahn” quer dizer “sim” só, mais ou menos como “yeah”
    5. Sam – “não é” é o que a gente chama de um “tag” e significa mais ou menos “isn’t that right?” E pode dizer também “wasn’t that right? que implica que tanto “não era” e “não foi” são possíveis também.
    6. Maria – “ouvir falar” ou “ouvir dizer”, os dois são comuns, dependendo do onde veio a informação que você recebeu (falando ou dizendo)
    7. Denise, “Hein” quer dizer “right?”

    Comment by Orlando — April 7, 2013 @ 9:36 am

  17. Isso é algo que eu nunca gostei de quando eu estava no Brasil, fofoca! As mulheres, especialmente, adoram fofocar. Embora eu estou muito acostumado com isso, sendo da América Latina, mas eu não aguento quando as pessoas estão tão interessadas na vida pessoal de alguém. Uma palavra que eu aprendi nesta conversa: alcoólatra. Eu pensei que a palavra era igual ao espanhol.

    Comment by Arianne Moran Matheus — March 30, 2014 @ 7:47 pm

  18. Eu não entendi o uso da frase, “cantadas fajutas.” Eu acho que é uma maneira de falar coisas bonitinhas a outra pessoa, mas posso estar errada.

    Comment by Edna Rangel — March 31, 2014 @ 3:41 pm

  19. Ói! Isso conversação é um exemplo que mostra que fofocando é mal para todo o mundo. Talvez Carlos está tarde porque ele tem levar a criança dele pela escola, mas essas mulheres fazem-lo na coisa negativa.

    Comment by Mercedes Ballard — March 31, 2014 @ 7:08 pm

  20. Gostei deste video! Estou de acordo com Mercedes–mostra que a fofoca é mal! Também, como no vídeo, parece que a fofoca do brasil é muito similar da fofoca dos estados unidos em termos de que eles estão falando sobre Carlos.

    Comment by Brittany Weinstein — April 1, 2014 @ 1:49 pm

  21. A explicação da palavra “safado” aqui eu achei interessante. Nunca percebi que essa palavra era tão forte. Escutei muitas pessoas usar a palavra num jeito mais de brincadeira. Talvez seja uma coisa que depende muito na intonação?

    Comment by Michelle DuBois — April 1, 2014 @ 7:44 pm

  22. É uma grabação bem interessante! Eu nunca ouvi falar a palavra alcoólatra e acho que a palavra escrita parece bacana.

    Comment by Christine Martinez — April 1, 2014 @ 9:26 pm

  23. Eu acho muito interessante que é tão fácil para gente crer seu imagine sobre outras pessoas em quanto estão fofocando!! Alcoólatra ? saindo assim!? Não pode ser outra coisa?

    Comment by charles — April 1, 2014 @ 9:40 pm

  24. Eu estou muito confusa com o uso da palavra “safado.” Quando eu estive no Brasil meus amigos me ensinaram que a palavra é usada para alguma coisa sexual, tipo se um cara fala alguma coisa sexual para uma mulher ela pode responder, “seu safado,” tipo “you perv!” Você podia falar a palavra sem que você uma grande ofensa. Todo o tempo que escutei a palavra foi em esse contexto, um contexto sexual e sem grande ofensa, jamais escutei com o contexto de “jerk” e ofensivo.

    Comment by Adria Fernandez — April 1, 2014 @ 9:42 pm

  25. Gostei das palavras novas (fajuto, safado, chavecar)nesse vídeo. Muito úteis! Também me faz rir a ironia de que é provável que Carlos esteja trabalhando mais que elas, tanto que elas fofocam. Tal vez o chefe deve demitir elas.

    Comment by Leon Leid — April 1, 2014 @ 10:12 pm

  26. Acho q os mineiros usam “Ó!” para “olha” – achei que foi estranho quando ouvi a primeira vez “olha,” com este sintido, mas acho que é bem similar ao frase “look here!” em inglês.
    Ó, e temos vocabulario novo – q coisa legal!

    Comment by Jenna Tipton — April 1, 2014 @ 10:21 pm

  27. Hahaha esse vídeo me faz lembrar do meu tempo no Rio…as outras meninas que trabalhavam no bar comigo me chamaram, “safadinha” cada vez que eu falei/conversei com os clientes bonitos no bar! Eles eram amigas, daí eu não fiquei brava. Mas se elas não fossem amigas, eu ia sentir muito raiva!

    Comment by Brittany dunne — April 1, 2014 @ 10:39 pm

  28. Eu esqueci sobre a palavra safado. Na minha primeira aula do português, ouvimos um lição sobre a palavra safado e a significa da palavra. A palavra é difícil para traduzir em inglês porque é uma palavra mais forte da palavra “jerk” em inglês. Eu acho que a lição disse que a palavra significa “douche bag” em inglês.

    Comment by Alison White — April 1, 2014 @ 10:48 pm

  29. Qual é a diferença no uso da palavra “vez” e “novidade.” Eu notei que ela usou “novidade” quando estava falando de uma coisa que fez outra pessoa em vez de “vez.”

    Comment by Randall Helmcamp — April 1, 2014 @ 11:01 pm

  30. No inicio deste semestre falamos da direcção e como os brasileiros falariam qualquer coisa mesmo que não saiba. É mesmo com a fofoca? Os brasileiros, como uma cultura, tem a necessidade de falar uma coisa mesmo que não saibam?

    Comment by Randall Helmcamp — April 1, 2014 @ 11:05 pm

  31. Nunca tinha ouvido falar fajuto mas vou começar a usar, é bem útil. E nossa que maldade! Depois de uma dança só e essas gurias já acham que o cara tá traindo a mulher dela?

    Comment by Olivia Baker — April 1, 2014 @ 11:11 pm

  32. Nesta conversa, aprendi umas palavras para chamar outras pessoas que não são agradáveis, como “safado” e “desgraçado,” que significam “jerk.” Estas vão me servir bem no Brasil se eu encontrar uma pessoa do que não gostarei e se quiser falar sobre dele!

    Comment by Diana Pop — April 1, 2014 @ 11:25 pm

  33. Neste vídeo, ouvi a frase, “Das duas, uma: ou….ou” e achei que foi uma maneira interessante de falar. Na maneira em que elas falam, é bem aparente que a fofoca está machucando o Carlos e ele não está aí para explicar as coisas.

    Comment by Lauren Dow — April 1, 2014 @ 11:39 pm

  34. Eu gostei das palavras “safado, desgraçado, chavecar, fajuto.” Acho que são palavras úteis para as conversas do dia-a-dia, especialmente para as fofocas do dia-a-dia.

    Comment by Marcos Barrera — April 2, 2014 @ 12:09 am

  35. Eu gostei muito desta conversa brasileira porque eu acho que verdadeiramente capto a realidade da fofoca e como a fofoca pode começar rumores. Eu ainda não conhecia as frases “cantadas fajutas” que eu acho quer dizer “hitting on” e também “cuidar nossas vidas” que neste contexto eu acho que quer dizer que elas devem de cuidar sua reputação no trabalho.

    Comment by Isabel Suarez — April 2, 2014 @ 12:13 am

  36. Eu aprendi muitas frases desta conversa brasileira. Por exemplo, quando Alexandre diz “um negocio assim” quando ele esta falando da fofoca das mulheres sobre Carlinhos, eu acho que ele quer dizer “uma coisa assim”. Eu ainda não tem ouvido essa frase. A Heloisa também usa frases que eu ainda não tem ouvidas, como, por exemplo quando ela diz que o Marcos, o novo chefe e um “sujeito elegante”. Eu não sabia que a palavra sujeito se podia usar assim.

    Comment by Isabel Suarez — April 2, 2014 @ 12:19 am

  37. É interessante como o brasileiros sempre chegam “atrasados” mas neste caso é algo para fofocar na oficina. Gostei de aprender a novas palavras como “safado, fajutas”. Profesor, pôde nós explicar melhor sobre a frase “eu tô suspeitando” ?

    Comment by Olivia Wiley — April 2, 2014 @ 1:23 am

  38. Esta conversa tinha muitas novas palavras do vocabulário. Das muitas palavras, desgraçado tem de ser muito útil para pessoas que não são agradáveis. É interessante a popularidade de fofocar no Brasil, especificamente sobre amigos e familiares.

    Comment by David Cervantes — April 2, 2014 @ 1:43 am

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Leave a comment

Brazilpod  |  2017-06-23, 10:24:21 AM