Conversa Brasileira

April 20, 2012

Jam Session 2: Tem que agradar todo mundo, né?

Filed under: Videos — Karina @ 8:16 am

Aê, galera!  That was André’s reaction to the group’s rendition of Pisa na fulô.  It’s like saying, “way to go guys!” Of course, one of the big decisions is to decide if everyone is singing in the right key. You’ve got to make it low enough for André and high enough for Antônio. After that, the group’s got to decide on how to transition from one song to the next.  It’s a lot of details to work out, but by the sound of things, not only are they making awesome music, they are also coming out with a pretty cool example of a Conversa Brasileira.

37 Comments »

  1. Pode-se usar o verbo “largar” como “large-se” as in to tell someone to go away?
    A palavra camarada significa “bro” como em espanhol?

    Comment by Alexis Quintanilla — April 21, 2012 @ 2:04 pm

  2. Eu quero mais exemplos do quando pode usar as frases “dar pra levar” e “ameaçar”. Também, o que significa andar pisando e pisá no fulô? Não entendo isso.

    Comment by Taryn Davis — April 21, 2012 @ 9:31 pm

  3. O cara na camisa com uma foto do Bob Marley falou “…pensa nóis bobo?”… Que é nóis?

    Comment by Bryan Lee — April 22, 2012 @ 8:00 am

  4. Gostei muito da parte quando eles começaram tocar a versão da Pisa na fulô de Aceu. A palavra “tom” significa “key”? Nunca ouvi falar a palavra “camarada” para referir à pessoa com que você está dançando. Isso é comum?

    Comment by Megan Logan — April 22, 2012 @ 10:52 am

  5. Casal não quer dizer que eles estão casados né? Quer dizer que são um “couple?”

    Comment by Marely Zamarron — April 22, 2012 @ 3:11 pm

  6. Gostei muito do video! Acho que e interessante que uma parte das letras disse ” andei pisando pelas ruas do passado” e queria saber se e comum dizer que a gente estava “pisando pelas ruas” em vez de “caminhando pelas ruas”?

    Comment by Vivian Graves — April 22, 2012 @ 9:13 pm

  7. Gostei muito deste vídeo. A parte sobre o catinguento, o cece e o chulé foi muito engraçado e também educativo porque eu não sabia como dizer algo assim. Também acho que é interesante ouvir outros tipos da música que só bossa nova, samba o funke.

    Comment by Nina Yonemoto — April 22, 2012 @ 11:52 pm

  8. Qual é o significado de a gente pode fazer um medley?

    Comment by Karla Trochez — April 23, 2012 @ 12:01 am

  9. Tem mais algum exemplo ao onde se pode implementar a frase “tá ameaçando tá baixo”? O meu entendimento ficou mais ou menos no obtuso. Obrigado.

    Comment by Ricardo — April 23, 2012 @ 1:56 am

  10. Pode explicar o frase “dar pra levar” mais? Tambem tem uma diferencia entre a gente e nós? Tem lugares quando um é mais popular ou tem lugar quando um não é correto?

    Comment by Wade Tomlinson — April 23, 2012 @ 9:01 am

  11. O que é o significado de “nóis” quando Daniel diz, “Pensa, pensa, nóis bobo?” “Nóis e “nós” são a mesma coisa? E o significado de “meio” (Andre diz, “Meio alto pra mim…”) em Inglês é “kind of”?

    Comment by Elie Wu — April 16, 2013 @ 3:47 pm

  12. Pode explicar o uso do “pegar” no vídeo? O cara com o surdo diz que “to pegando variação” no fone, e depois diz que “a gente tá pegando bem” a música. Que quer dizer?

    Comment by Sam Naik — April 16, 2013 @ 4:36 pm

  13. Não entendo o uso de tempos verbais nessa frase: “Mas quando for o show, a gente já toca as duas juntas, entendeu?” Por que não é “… a gente vai tocar as duas juntas”?
    Em geral, essas duas conversas brasileiras foram um pouco difícil a entender porque todas as pessoas falaram ao mesmo tempo.

    Comment by maria hardt — April 17, 2013 @ 1:00 am

  14. Pode explicar essas expressões/frases: “Pensa, pensa nós bobo?”, “Cochilou, o cachimbo cai!” e “Camarão que dorme a onda leva.” É sempre frases assim que não me entendi quando ouço. É parece que é uma diferente língua!

    Comment by Kyle Harper — April 17, 2013 @ 1:33 am

  15. Gostei da frase que o André falou “acabou batendo aí na cabeça” e a frase oposta de “bater cabeça”. Como podem ser usados esses exemplos do verbo em contextos diferentes? Achei o uso do verbo interesante. Também gostei da fala do forró. Eu adoro dançar forró mas preciso de practicar!!!!

    Comment by maria — April 17, 2013 @ 2:10 am

  16. Eu lembro que falamos de ‘cara’ mas, eu não me lembro o que ‘cara’ significa

    Comment by Denise Sanchez — April 17, 2013 @ 3:58 am

  17. “Camarão que dorme a onda leva”… Gostei muito dessa parte onde os caras falam sobre os provérbios. Engraçado.

    Comment by Marcos Barrera — April 13, 2014 @ 7:39 am

  18. Eu dei conta especialmente do fato de que os brasileiros usam o verbo ameaçar para significar “quase lá” ou “tendência de,” porque na verdade só posso lembrar de uma vez que um brasileiro me ameaçou, e isso foi para me roubar. Talvez se usa a frase neste sentido por falta de ter outra utilidade.

    Comment by Sam Hagan — April 13, 2014 @ 7:32 pm

  19. Sinto como tenho muitos insultos novos pra provar na galera rkrkrk

    Comment by Sara Diamond — April 13, 2014 @ 11:00 pm

  20. Nunca, eu ouvi a expressão de “galera”. Pessoas só usam para significar bandas e outros grupos de música ou não (é como cara, né)? Eu desejo que fui musicalmente talentoso… eu seria em uma banda, parece legal!

    Comment by Mercedes Ballard — April 14, 2014 @ 12:22 pm

  21. De que está falando quando diz que a musica é “alto” ou “baixo?” O volume? O video è muito legal!

    Comment by Brittany Weinstein — April 14, 2014 @ 3:40 pm

  22. A verdade, é muito engraçado ouvir quando um dos meninos conjuga os verbos em “você”, mas usa “tu” quando fala. Embora seja normal em algumas partes do Brasil, eu não ouvi nessa forma em Minas Gerais porque todo o pessoal usa “você”. Também aprendi as palavras catinguento, cecê e chulé.

    Comment by Arianne Moran Matheus — April 15, 2014 @ 9:39 am

  23. Eu gostei os “ditos populares” e virá a usá-los.”Pensa, pensa nóis bobo”, foi difícil de entender, mas a compreensão que existe uma variação linguística ajuda.

    Comment by David Cervantes — April 15, 2014 @ 2:10 pm

  24. Eu pensei que era muito bonito como os músicos estavam pensando sobre as pessoas que estariam dançando a sua música, e tentar alterar o fim de uma canção com a transição para outro.

    Comment by brittany dunne — April 15, 2014 @ 3:05 pm

  25. Foi interessante ver este uso diferente de verbo “ameaçar” e aprender uma frase nove com este verbo: “ameaçar chover.” Também, já notei outro uso dos dois verbos que podem ser usados por quase tudo! –dar e levar. Finalmente, nunca pensei na falta da palavra “vez” em muitas frases no português coloquial, mas foi muito interessante pegar isso.

    Comment by Lauren Dow — April 15, 2014 @ 4:57 pm

  26. Quando eu era pequena, minha mãe costumava me dizer em espanhol, “camarón que se duerme, se lo lleva la corriente.” Isso tem o mesmo significado do que Daniel falou. Este vídeo tinha muitas palavras novas que eu não sabia antes, mas eu gostei especialmente das palavras catinguento, cecê, e chulé.

    Comment by Edna Rangel — April 15, 2014 @ 6:57 pm

  27. Eu quero saber o significado dos proverbios que falaram. Especialmente o que significa “Cochilou! O cachimbo cai!”?

    Comment by Christine Martinez — April 15, 2014 @ 9:15 pm

  28. No início eles falaram “Aê” como “opa!” (whoa/wow), mas “aê” é também usado como pergunta não? Como- “oh really?”

    Comment by Michelle DuBois — April 15, 2014 @ 9:20 pm

  29. a) a gente já toca as duas juntas
    b) Essa aí a gente tenta depois
    c) Pra gente passar pro Tommy

    Não entendo como as frases sem verbos auxiliares podem funcionam. Por que essa frases significam “poderia” fazer alguma coisa, mas não incluem o verbo?

    Comment by Allison White — April 15, 2014 @ 9:21 pm

  30. Eu acho muito engraçado o sotaque carioca dos dois meninos da direita em contraste com o sotaque do Antônio. Eu adoro o sotaque mais lento como o do Antônio. Haha, eu não gosto da palavra “catinguento”, é muito feia!

    Comment by Rebeca Vianna — April 15, 2014 @ 9:44 pm

  31. Achei muito interessante escutar eles falando de música, especialmente porque não sei dessas músicas. Um cara ficou omitindo as ‘s’ mas não lembro qual. Ele falou me’mo e outras coisas assim, foi interessante.

    Comment by Olivia Baker — April 15, 2014 @ 10:05 pm

  32. Eu gostei muito deste vídeo especialmente ao final quando agregarem a nova parte a canção! Eu achei muito legal a nova parte da canção, gostei muito. Eles usam varias frases que eu não tive escutado antes com “Tai dando pra levar bem” e “Que dai vai pra”. Eles também usa a palavra “emendar” que eu ainda não conheço.

    Comment by Isabel Suarez — April 15, 2014 @ 10:07 pm

  33. Eu acho é ótima essa ideia que foi usado pra formar este vídeo! Uma das coisa de tocar musica juntos é que não precisa palavras – mas é ótimo ouvir como falam quando não estão tocando! Outra perspectiva totalmente

    Comment by charles wight — April 15, 2014 @ 10:19 pm

  34. É interessante aprender outros significados de verbos comúns. Por exemplo, “levar” pode significar “to go on doing something,” “ficar bom” significa “to work or turn out good,” e “ficar bem” significa “to fit or to suit.” Talvez um dia eu possa usar os verbos corretamente.

    Comment by Diana Pop — April 15, 2014 @ 11:16 pm

  35. Eu adoro dançar e gosto quando os músicos emendem as canções pra não parar de dançar, embora é verdade que eles falarem que as vezes a garota quer trocar se não gosta dançar mais come esse menino. Bom, se a garota dança ruim, o garota vai quer trocar também.

    Comment by Leon Leid — April 15, 2014 @ 11:32 pm

  36. Ainda não entendo como usar os verbos ameaçando e emendar, não posso imaginar como usar na fala.
    Qual que é o significado do proverbio “Cochilou, o cachimbo cai”?
    No México tem um proverbio igualzinho a esse, “camarão que dorme a onda leva,” “camarón que se duerme, se lo lleva la corriente.”

    Comment by Adria Fernandez — April 15, 2014 @ 11:45 pm

  37. É estranho ou tá bom para uma menina usar a palavra “galera”?
    Acho que usamos “ameaçar” com o mesmo sentido em inglês – “it looks threatening outside!” (it’s threatening to rain/storm)

    Podemos aprender outros proverbios?

    Comment by Jenna Tipton — April 16, 2014 @ 12:39 am

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Leave a comment

Brazilpod  |  2017-06-23, 10:23:14 AM